Caos   1 comment

10636677_853745424657477_380850984415020272_oSão longas as noites que nascem nas tardes compridas de verão, preparos de momentos que prometemos nunca esquecer e outros afetos que preferimos nem dizer. Há coisas que só servem para serem sentidas. Dúvidas em não saber onde termina a madrugada e onde começa o amanhecer.

Texto: Tristão de Andrade

Foto: João Carvalho (Serra da Penha, Portalegre)

Posted 19 de Outubro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Força ferina   2 comments

SONY DSCTalvez porque o mundo
se mostrou frágil
na força ferina
da minha coerência
gritei silêncios
nos balanços das perdas

chorei…chorei

sorrisos porque me lembrei
que no fundo do abismo
a cor do céu
está exatamente no mesmo lugar

antes e depois
de cada fragilidade
da força largada
nos ventos das marés

…com as mãos calejadas
retomo
o trilho a prumo
nos pulsos de fumo
aglomero as palavras
num palrear de persistência
…e remo nas marés contrarias
da indicação do cata-vento!

Texto: Ana Coelho

Foto: João Carvalho (Elvas, Portugal)

Posted 18 de Outubro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Passagem do tempo….   2 comments

SONY DSC

 

 

O que é a passagem do tempo

senão a passagem

das sensações dentro de nós ?

 

Texto: Pedro Chagas Freitas

Foto: João Carvalho (Crato, 25 de Dezembro de 2012)

Posted 15 de Outubro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Também me custa podes crer   Leave a comment

Assim gasto e usado pela vida
Olhas para mim com desdém
Como se eu para ti
Já não fosse ninguém

É tão grande a tristeza
De ver-te com esse olhar
Que até de mim próprio
Começo a desdenhar

Estou mais velho do que queria
Também me custa, podes crer
Mas a finalidade da vida
É afinal viver ou morrer

Prefiro viver desdenhado
Gasto e usado pela vida
Desde que a teu lado
Possa fazer a despedida

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho (Estrada do Vedor, Elvas, 2011)

Posted 13 de Outubro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Complicado?   3 comments

Estava para aqui a pensar
Que gosto que gostes
De pensar em gostar
Estava para aqui a gostar
Que penso que pensas
De gostar de pensar
Que nada se gosta sem pensar
Nem se pensa sem gostar
Que gostar é tão elaborado
Que merece ser pensado
E gostar tão simples
Que pensar em gostar
Nem merece ser pensado
Complicado?

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho (Constância, Setembro de 2011)

Posted 9 de Outubro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Confidência   Leave a comment

SONY DSCPorque a minha mão infatigável
procura o interior e o avesso da aparência
porque o tempo em que vivo
morre de ser ontem …”
Texto: MIA COUTO “Confidência”

Foto: João Carvalho (2014)

Posted 8 de Outubro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

A Inconstante a leveza do tempo   Leave a comment

Inconstante a leveza do tempo
Que não me deixa aprender
A viver a vida pela vida
Sem encontrar um contratempo
Sem vencer as barreiras
Sem energia de viver
Encontro uma vida perdida
De energias derradeiras
Inconstante a leveza do tempo
Constante a necessidade de viver
Como se a vida fosse
Um efémero,
Triste ou alegre,
Mas decisivo passatempo.

Foto: João Carvalho (Castelo de Alegrete, Portugal)

Texto: Raul Cordeiro

Posted 15 de Setembro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with

gota de água   Leave a comment

SONY DSCPor vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no mar. Mas o mar seria menor se lhe faltasse uma gota.

Texto: Madre Teresa de Calcuta
Foto: João Carvalho

Posted 13 de Setembro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

A felicidade   Leave a comment

SONY DSCA felicidade é um daquelas emoções básicas que integram a nossa bagagem pessoal de suporte essencial de vida tal como o medo, a tristeza e a ira.
Talvez um dos grandes desafios seja compreender a base biológica das emoções.
Assim, se a felicidade é uma emoção básica e tem uma base biológica haverá uma biologia da felicidade e uma biologia da infelicidade?
Entre a alegria e a tristeza ou entre o medo e a ira será a felicidade o racional da bipolaridade? Seria então o choro o racional da tristeza e o riso o racional da alegria?
E será sinal de evolução biológica chorar de alegria ou rir da tristeza?
Ou são apenas traições biológicas?
A felicidade parece sim tornar-se na nossa vida uma camisa de forças “florida” cujos limites são os estereótipos sociais.
Felicidade parece referir-se ao ponto em que a a nossa gestão quotidiana parece cruzar-se com a busca do impossível.
E se nesse caminho encontramos alguém (impossível não encontrar) as nossas felicidades encontram-se e aí somos felizes às vezes apenas com uma palavra, um olhar, um toque.
Texto: Raul Cordeiro in http://vidadaspalavras.blogspot.pt/
Foto: João Carvalho (Portagem, Marvão, Portalegre, Portugal)

Posted 7 de Setembro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Poesia da Vida   2 comments

SONY DSC

A vida é só uma paragem
Uma pausa no que deve ser
Um lugar de descanso
Um longo caminho
Para a felicidade
Uma doce miragem
Uma doce eternidade
Uma viagem diferente
Com destino a um lugar
Maior do que cremos
E em que cremos piamente
Para alguns a viagem é mais rápida
Para outros mais lenta
E quando a viagem termina
No sonho que se acalenta
Reclamamos uma grande recompensa.

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho

Posted 29 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Pequenas coisas da vida……   2 comments

SONY DSCHá momentos em que o silêncio
toma conta da alma….Só uma emoção sentida,partilhada e
vivida,será suficiente para engradecer
o brilho de um olhar…Permanecendo eterno,na alma, de quem
sente as pequenas coisas da vida……
Texto: Carla Gomes
Foto: João Carvalho (Portagem, Rio Sever, Portalegre, 2014)

 

Posted 27 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Trazia infinitos na ponta dos dedos.   2 comments

SONY DSCTrazia infinitos na ponta dos dedos.
Com eles acariciava os cabelos
desgrenhados do vento.

Por varias vezes a vi
encostar a face às madrugadas
que um pássaro fugidio lhe trazia
enquanto as pedras
lhe segredavam aos pés
os segredos da terra.

Amiúde regressava ao inicio
onde o tempo não se conta por horas
onde o tempo é nada mais
que um corpo desabrigado
caminhando às cegas.

Antes que a luz de todos os quartos
lhe acendesse os olhos
beijava o avesso de todas as distâncias
com os seus lábios de cinza.

Depois adormecia.
Sabendo ser ela
a sede e o lume
aninhada
nos braços da palavra rasgada
que na luz
alguém voltaria a usar inteira.

Texto: ©Sónia M
Foto: João Carvalho (Portalegre, Portugal)

Posted 17 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

donos do silêncio   1 comment

SONY DSCTodas as palavras pertencem aos donos do silêncio

Texto: José Luis Peixoto
Foto: João Carvalho ( Nossa Senhora da Penha, Portalegre)

Posted 16 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Despertar   2 comments

SONY DSCA vida é um sonho.
É o despertar que nos mata.
Quem nos rouba os sonhos rouba-nos a vida.

Texto: Virgínia Woolf
Foto: João Carvalho (Quarteira, Portugal)

Posted 16 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Robin Williams   1 comment

10314509_832850923416949_1543386754699567851_n

Posted 12 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Pensamentos

Abre a porta   1 comment

SONY DSCNão queiras gostar de viver com a porta fechada. Prefere ser gente de alma escancarada para deixar entrar em ti o bom e o mau, pois se com um aprendes a ser feliz do outro recebes ensinamentos para o seres ainda mais. Nas minhas contas atrapalhadas consigo contudo desvendar um saldo positivo entre o daninho e a flor real, entre quem convido para a minha sala e os intrusos que se dão aos abusos de usar a minha guarida para se servirem à vontade. Sofro com isso, é coisa certa, mas é colossal a satisfação que sinto, e que não se aperta nesta vida que levo sempre de porta aberta.

Texto: Tristão de Andrade

Foto: João Carvalho (Portalegre, Portugal)

Posted 9 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Hoje parto na saudade   1 comment

SONY DSCHoje parto na saudade desmedida
Na brisa do vento que passa
Mudar os rumos da saída,
para não mais voltar.

A vida é feita de mudanças,
crenças e vidas que resistem
Mas são aos poucos apagadas,
nos passos do caminhar.

Hoje eu quero
tudo o que enaltece a minha alma,
tudo o que me faz sonhar e amar.
Nada mais importa
Quando o tempo não tem tempo
E a vida é feita de momentos.

Hoje e só hoje….parto…!
Dispo-me das palavras vãs
Do cheiro das coisas ínfimas,
Do desvalor para quem nada sabe

Sou o que sou e o que quero ser
Porque hoje e somente hoje….

Sou apenas filha do vento…!

Texto: ©Direitos Reservados Autor: Carla Simões 25/07/2014

Foto: João Carvalho (Praia, Portugal)

Posted 7 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Luz…   Leave a comment

SONY DSCQuando nos distraímos acontece sempre algo admirável…

 

Texto: Ana Coelho

Foto: João Carvalho (Castelo de Vide, Portugal)

Posted 6 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

O Tempo Não Pára   Leave a comment

SONY DSCEu sei
Que a vida tem pressa
Que tudo aconteça
Sem que a gente peça
Eu sei

Eu sei
Que o tempo não pára
O tempo é coisa rara
E a gente só repara
Quando ele já passou

Texto: Mariza (Letra de música)
Foto: João Carvalho (Portagem, Portalegre)

Posted 25 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

E pouco mais que…nada   8 comments

quinta-do-alamal1Quem me dera ser esse ser seguro
Assente em colunas firmes e frias
Que pendura o olhar no futuro
E descansa
Seguro como o Sol de Álvaro de Campos
Ou como a Lua de todos os dias
E dança
Seguro como são seguras as coisas seguras da vida
Como é seguro o adeus da despedida
À medida
Seguro como é segura a terra
Ou como são seguras as estrelas
Balelas
Não
Não sou seguro
Sou apenas uma pequena segurança
Da minha insegurança segura
E pouco
E nada

Texto: Raul Cordeiro in http://vidadaspalavras.blogspot.pt/
Foto: João Carvalho (Alamal, Portugal)

Posted 23 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.153 outros seguidores

%d bloggers like this: